sábado, 2 de janeiro de 2010

Olga Praguer Coelho - 100 Anos!


Olga Praguer Coelho


Em 2005, tive a grata satisfação de conhecer pessoalmente Olga. Foi um momento mágico, sem ter medo de parecer piegas com essa afirmação.

Ao ver, frente a mim, aquela senhora de cabelos brancos e porte elegante eu perdi a voz, literalmente. Fiquei de boca aberta e hipnotizado, tendo consciência de que eu estava diante de uma lenda viva da música mundial e que estava fazendo um papel esquisito.

Ela me olhava sem entender nada, sem saber o porquê de minha mudez. Depois, recuperei os sentidos e tivemos uma gostosa conversa sobre música popular brasileira e suas personalidades dos anos 20.


Olga foi uma das principais intérpretes de nossa música brasileira e uma das melhores pesquisadoras/cantoras de nosso folclore. Ao lado de Elsie Houston, Stefana de Macedo, Helena de Magalhães Castro, Amélia Brandão Nery, Celeste Leal Borges e Jesy Barbosa foi uma das pioneiras pesquisadoras e divulgadoras do folclore brasileiro no Brasil e no Mundo ainda nos ano 20 do século passado.
Olga Praguer Coelho nasceu em 12 de agosto de 1909, em Manaus, Amazonas, e faleceu em abril de 2008, meses antes de completar 99 anos de idade.


Na década de 1940, Olga Praguer Coelho foi considerada a maior violonista do mundo. Nessa época ela estava casada com seu segundo marido, o também violonista Andrés Segovia.


Ouça Olga Praguer Coelho:

Róseas Flores - Modinha Popular. Arranjo e adaptação de Olga Praguer Coelho. Acompanhamento de Rogério Guimarães e João Nogueira (Violões). Olga gravou na Victor em 1935.




Tyrana - Canção Popular. Arranjo e adaptação de Olga Praguer Coelho. Acompanhamento do Conjunto Típico RCA Victor. Olga gravou em 1936, na Victor.




Mulata - Modinha do Século XIX, autoria de Gonçalves Crespo. Olga Praguer Coelho adaptou essa versão. Acompanhamento de Pereira Filho e Luiz Bittencourt (Violões) Gravação Victor de 1936. Essa modinha foi muito gravada a partir de 1902, devido o seu grande sucesso.




Estrela do Céu
- Macumba do Norte, tema popular. Adaptação e arranjo de Olga Praguer Coelho. Acompanhamento do Conjunto Típico Victor. gravação Victor de 1936. Embora Católica Apostólica Romana (como ela mesma me afirmou), Olga era uma grande estudiosa das Religiões Afro-Brasileiras. Como Elsie Houston, Conjunto Tupy (e depois J. B. de Carvalho sozinho) e Moreira da Silva, ela gravaria lindos Pontos de Santos.




Azulão
- Canção Popular, adaptação de Jayme Ovalle. Olga Praguer Coelho gravou essa linda canção nos anos 1940, em Nova Yorque.






Agradecimentos:
Arquivo Nirez e Thais Matarazzo.
Foto de Olga já idosa: Acervo Marcelo Bonavides.






Um comentário:

  1. Fantástica esta cantora ! Eu também estive com ela, uma grande dama da música brasileira.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...