quinta-feira, 19 de agosto de 2010

FRANCISCO ALVES - 112 ANOS!!



Há 112 anos, no dia 19 de Agosto de 1898, nascia Francisco de Moraes Alves.
Ao iniciar sua carreira como cantor, seria conhecido como Francisco Alves, o Chico Alves, ou Chico Viola ou, simplesmente, O Rei da Voz.

De 1919 a 1952, Chico Alves teve uma carreira marcada por sucessos consecutivos, conquistando várias gerações de admiradores e sendo o cantor que mais gravou no período do disco 78 rpm.
Sua carreira atravessou várias épocas e estilos culturais.
Começou gravando ainda no processo mecânico e, ao passar ao elétrico, fixou sua marca em definitivo na história de nossa música.

Em Fevereiro de 1930, a revista Phono-Arte publicou a relação de algumas músicas de Francisco Alves gravadas pela Odeon. Algumas das gravações foram feitas e lançadas em 1928.
A revista saudava o cantor como o Príncipe da Canção Brasileira.




As músicas eram as seguintes (segue a grafia original):

 Eu vivo assim - Valsa
de Eduardo Souto e Eugênio Fonseca Filho
Disco 10.291-A, Matriz 1987-I
Gravado em 26 de setembro de 1928 e lançado em dezembro desse mesmo ano.
Acompanhamento da Orchestra Rio Artists



Eterna - Canção Brasileira
de Eduardo
Disco 10.291-B, Matriz 1988-I
Gravado em 26 de setembro de 1928 e lançado em dezembro desse mesmo ano.
Acompanhamento da Orchestra Rio Artists



Lua Nova - Canção
de Francisco Alves e Luís Iglesias
Disco 10.341-A, Matriz 1982
Gravado em 26 de setembro de 1928 e lançado em março de 1929.
Acompanhamento do Grupo Odeon



Beija Flôr - Canção
de Freire Junior e A. Roedor
Disco 10.341-B, Matriz 2254
Gravado em 26 de setembro de 1928 e lançado em março de 1929.
Acompanhamento do Grupo Odeon



Yo Te Amo - Thema musical do Paramount Film "A Canção do Lobo"
de Richard A. Whiting
de Nath Shilkret e Jayme Redondo
Disco 10.449-A, Matriz 2796
Lançado em agosto de 1929



Jeannine - Canção thema do First-National-Film "Amor Nunca Morre"
de Nath Shilkret e Jayme Redondo
Disco 10.449-B, Matriz 2796
Lançado em agosto de 1929



Eu Beijo a Sua Mão, Madame - Fox Canção
de Ralph Erwin e Eduardo Souto
Disco 10.501-A, Matriz 3048
Lançado em dezembro de 1929.
Acompanhamento de piano e violino.



Guess Who - Fox Trot
de Morey Davidson e Xodó
Disco 10.501-B, Matriz 3049
Lançado em dezembro de 1929.
Acompanhamento de piano e violino.



Dor de Recordar - Canção blue
de Joubert de Carvalho e Olegário Mariano
Disco 10.509-A, Matriz 2996
Gravado em 26 de setembro de 1929 e lançado em dezembro desse mesmo ano.
Acompanhamento da Orchestra Pan American



A Voz do Violão - Canção Brasileira
de Francisco Alves e Horácio de Campos
Disco 10.509-B, Matriz 3016
Gravado em 26 de setembro de 1929 e lançado em dezembro desse mesmo ano.
Acompanhamento da Orchestra Rio Artists



Saudades - Valsa
de Alfredo Gama
Disco 10.554-A, Matriz 1621
Gravado em 16 de março de 1928 e lançado em janeiro de 1930.
Acompanhamento dos violões de Rogério Guimarães e Francisco Alves



Caboquinha - Toada Canção
de Alfredo Gama
Disco 10.554-B, Matriz 3347
Gravado em 16 de março de 1928 e lançado em janeiro de 1930.






Agradecimento ao ARQUIVO NIREZ.






4 comentários:

  1. Mesmo tão antigo e tão distante, mais me parece amigo íntimo. Descanse em paz, Rei da Voz. Parabéns pelo post, Bonavides.

    ResponderExcluir
  2. Que bela seleção, Marcelo!

    Encontrei umas gravações incríveis do Francisco Alves dos anos 20. Você já ouviu a brasileira do Fumando Espero, gravada por ele em 27? Posso te passar!

    Abs
    Dani

    ResponderExcluir
  3. Sobre a valsa "Saudades", ela foi gravada originalmente em 1918 por Arthur Castro, com o título "Valsa da saudade" e o nome do pernambucano Alfredo Gama, seu autor, creditado.A gravação de Francisco Alves, com o nome de "Saudades", saiu pela primeira vez em junho de 1928, sob n.o 10197-B, no verso do tango "Noite de Reis". Só que, no selo, "Saudades" foi dada como "motivo popular" e, por certo, Alfredo Gama reclamou junto à Odeon, que teve de relançar "Noite de Reis" duas vezes, na primeira tendo no verso "Por que partiste?" e na segunda "Saudades de Arlete", dobrado instrumental com a Orquestra Pan American. Resolvida a questão, "Saudades" foi relançada em janeiro de 1930.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...