quinta-feira, 19 de agosto de 2010

FRANCISCO ALVES - 112 ANOS!!



Há 112 anos, no dia 19 de Agosto de 1898, nascia Francisco de Moraes Alves.
Ao iniciar sua carreira como cantor, seria conhecido como Francisco Alves, o Chico Alves, ou Chico Viola ou, simplesmente, O Rei da Voz.

De 1919 a 1952, Chico Alves teve uma carreira marcada por sucessos consecutivos, conquistando várias gerações de admiradores e sendo o cantor que mais gravou no período do disco 78 rpm.
Sua carreira atravessou várias épocas e estilos culturais.
Começou gravando ainda no processo mecânico e, ao passar ao elétrico, fixou sua marca em definitivo na história de nossa música.

Em Fevereiro de 1930, a revista Phono-Arte publicou a relação de algumas músicas de Francisco Alves gravadas pela Odeon. Algumas das gravações foram feitas e lançadas em 1928.
A revista saudava o cantor como o Príncipe da Canção Brasileira.




As músicas eram as seguintes (segue a grafia original):

 Eu vivo assim - Valsa
de Eduardo Souto e Eugênio Fonseca Filho
Disco 10.291-A, Matriz 1987-I
Gravado em 26 de setembro de 1928 e lançado em dezembro desse mesmo ano.
Acompanhamento da Orchestra Rio Artists



Eterna - Canção Brasileira
de Eduardo
Disco 10.291-B, Matriz 1988-I
Gravado em 26 de setembro de 1928 e lançado em dezembro desse mesmo ano.
Acompanhamento da Orchestra Rio Artists



Lua Nova - Canção
de Francisco Alves e Luís Iglesias
Disco 10.341-A, Matriz 1982
Gravado em 26 de setembro de 1928 e lançado em março de 1929.
Acompanhamento do Grupo Odeon



Beija Flôr - Canção
de Freire Junior e A. Roedor
Disco 10.341-B, Matriz 2254
Gravado em 26 de setembro de 1928 e lançado em março de 1929.
Acompanhamento do Grupo Odeon



Yo Te Amo - Thema musical do Paramount Film "A Canção do Lobo"
de Richard A. Whiting
de Nath Shilkret e Jayme Redondo
Disco 10.449-A, Matriz 2796
Lançado em agosto de 1929



Jeannine - Canção thema do First-National-Film "Amor Nunca Morre"
de Nath Shilkret e Jayme Redondo
Disco 10.449-B, Matriz 2796
Lançado em agosto de 1929



Eu Beijo a Sua Mão, Madame - Fox Canção
de Ralph Erwin e Eduardo Souto
Disco 10.501-A, Matriz 3048
Lançado em dezembro de 1929.
Acompanhamento de piano e violino.



Guess Who - Fox Trot
de Morey Davidson e Xodó
Disco 10.501-B, Matriz 3049
Lançado em dezembro de 1929.
Acompanhamento de piano e violino.



Dor de Recordar - Canção blue
de Joubert de Carvalho e Olegário Mariano
Disco 10.509-A, Matriz 2996
Gravado em 26 de setembro de 1929 e lançado em dezembro desse mesmo ano.
Acompanhamento da Orchestra Pan American



A Voz do Violão - Canção Brasileira
de Francisco Alves e Horácio de Campos
Disco 10.509-B, Matriz 3016
Gravado em 26 de setembro de 1929 e lançado em dezembro desse mesmo ano.
Acompanhamento da Orchestra Rio Artists



Saudades - Valsa
de Alfredo Gama
Disco 10.554-A, Matriz 1621
Gravado em 16 de março de 1928 e lançado em janeiro de 1930.
Acompanhamento dos violões de Rogério Guimarães e Francisco Alves



Caboquinha - Toada Canção
de Alfredo Gama
Disco 10.554-B, Matriz 3347
Gravado em 16 de março de 1928 e lançado em janeiro de 1930.






Agradecimento ao ARQUIVO NIREZ.






ARACY DE ALMEIDA - 96 anos!!

A Dama do Encantado completaria 96 anos nesse 19 de agosto.
Nascida em 1914, Aracy Teles de Almeida foi uma das grandes Divas da MPB!
Em breve, uma homenagem à nossa querida intérprete!!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Julita Perez da Fonseca



"Senhorita Julita Perez da Fonseca, optimo elemento artistico da Radio Sociedade Record e figura brilhante da sociedade de São Paulo. (Photo Cerri)".
Revista Noite Illustrada, 1932.


Agradecimento ao ARQUIVO NIREZ

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

FRUCTA DA TERRA



Aracy Côrtes gravou o disco Odeon 10.471 com duas interessantes músicas. 
O lado A trazia Producto Nacional, com o subtítulo de Fructa da Terra, samba da autoria de Pedro de Sá Pereira, com o acompanhamento da Orchestra Pan American.





A morena gentil
Representa em Sevilha o Brasil
Tenho dengues, derriços
Requebros, feitiços
Que outras não tem
Sou de fato a mulher
Que seduz no olhar a qualquer
Sou quindim procurado
Sou doce de coco
Manjar delicado, ai

Meu Deus
Você não agüenta
Isto tem pimenta
Isto tem dendê
Meu Deus
Este meu tempero
É bem brasileiro
É bom como o quê.


O lado B vem com o foxtrot de Lamartine Babo, Gemer no Violão. No disco vem como samba. Foi lançado por Aracy na revista Comigo é na Madeira, de 1929. O acompanhamento também ficou a cargo da Orchestra Pan American.





Gemer num violão
Meu Deus, me custa crer
O violão é um instrumento
Que tem sentimento
Que tem coração
Uma mulher
Sem carinho no amor
Pega no pinho
Chora as mágoas do amor
Sem sofrer
Não se pode viver
Gemer num violão
Meu Deus
Me custa crer
Que um pedaço de pau
Se ele é bom
Muitas vezes é mau
Faz pensar, meu amor
Que sofri so por ti

Re, mi, fa, sol, lá si, do re, mi
Tenho fé, tenho fé
Ai!
Que hei de ver
Quem me faz padecer
Passando a pão com café.





Agradecimento ao ARQUIVO NIREZ.






quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Carmen Miranda - 55 Anos de Saudade


Há 55 anos, nossa querida Carmen Miranda nos deixava.
Já enfocamos sua vida e carreira em nosso BLOG:
e


Ouça algumas pérolas de Carmen e seu talento inconfundível:
1 - Moreno Bonito
Marcha de Josué de Barros
Gravação de 17 de junho de 1930
Disco Victor 33.331-B, Matriz 50328-2
Acompanhamento de violão e bandolim
Disco lançado em setembro de 1930




2 - É Com Você Que Eu Queria
Marcha de Joubert de Carvalho
Disco Victor 33.346-A
Gravação de 06 de agosto de 1930
Acompanhamento de Orquestra
Disco lançado em setembro de 1930




3 - Como Gosto de Você
Marcha-canção de Gabriel Migliori
Disco Victor 33.402-B, Matriz 65060-2
Gravado em 13 de dezembro de 1930
Acompanhamento de Orquestra
Disco lançado em março de 1931



4 - E Depois
Samba de Jonjoca (João de Freitas Ferreira)
Disco Victor 33.468-B, Matriz 65176-1
Gravação de 29 de junho de 1931
Acompanhamento do Grupo do Canhoto
Disco lançado em outubro de 1931



5 - Por Causa de Você
Samba de André Filho
Disco Victor 33.555-B, Matriz 65456-1
Gravado em 14 de abril de 1932
Acompanhamento do Grupo do Canhoto, sob a direção de João Martins
Disco lançado em junho de 1932



6 - Mulato de Qualidade
Samba de André Filho
Gravado em 01 de junho de 1932
Disco Victor 33.579-A, Matriz 65505-2
Acompanhamento do Grupo do Canhoto
Disco lançado em agosto de 1932



7 - Roda Pião
Canção de Roda Infantil de Dorival Caymmi
Gravado por Carmen e Dorival em 29 de abril de 1939
Disco Odeon 11.751-A, Matriz 6074
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco lançado em agosto de 1939






Agradecimento ao Arquivo Nirez.






quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Cantoras de SINHÔ

Poucas cantoras gravaram músicas de Sinhô, durante a época dos discos 78 rpm.
Ao todo foram apenas seis cantoras, enquanto o compositor viveu:

Rosa Negra
Não Quero Saber Mais Dela - 1927



Aracy Côrtes
 Jura...! - 1928



Mal de Amor - 1931




Ita Cayuby
Canjiquinha Quente - 1930



Carmen Miranda
Buruncutum - 1930



Feitiço Gorado - 1930




Lucy Campos
Se meu amor me vê - 1930



Yolanda Osório
Meus Ciúmes - 1931





----------------------------------------------------
1 - Não quero saber mais dela
Samba de José Barbosa da Silva, Sinhô
Rosa Negra e francisco Alves
1928

2 - Jura...!
Samba de José Barbosa da Silva, Sinhô
Aracy Côrtes
1928

3 - Mal de Amor
Samba de José Barbosa da Silva, Sinhô
Aracy Côrtes
1931

4 - Canjiquinha Quente
Samba de José Barbosa da Silva, Sinhô
Ita Cayuby
1930

5 - Burucuntum
Samba de José Barbosa da Silva, Sinhô
Carmen Miranda
1930

6 - Feitiço Gorado
Samba de José Barbosa da Silva, Sinhô
Carmen Miranda
Gravado em 1930 e lançado em 1932

7 - Se meu amor me vê
Samba de José Barbosa da Silva, Sinhô
Lucy Campos e Francisco Alves
1930

8 - Meus Ciúmes
Samba-choro de José Barbosa da Silva, Sinhô
Yolanda Osório
1931


Agradecimento ao Arquivo NIREZ pelas fotos e gravações.

SINHÔ - 80 Anos de Saudade!

Há 80 anos, falecia o Rei do Samba, José Barbosa da Silva (o Sinhô).
Sinhô foi tema de um texto em nosso blog no ano passado: http://is.gd/e21P6
Em 1989, ele foi um dos personagens de destaque na novela Kanagnga do Japão, exibida pela saudosa Rede Manchete. O ator Paulo Barbosa deu vida a um carismático Sinhô.
Por essa época, o compositor voltou à mídia, sendo tema de um programa de perguntas e respostas, o Sem Limite.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...