quarta-feira, 28 de setembro de 2011

FRANCISCO ALVES, As últimas gravações

Francisco Alves em São Paulo, 1952

Em 24 de setembro de 1952, o Rei da Voz, fazia suas últimas gravações.


Segundo Abel Cardoso Junior, "a RCA-Victor teve da Odeon a permissão para que Francisco Alves regravasse quatro músicas de seu antigo repertório na etiqueta do cachorrinho. Foi Ela foi seu último registro".


Três dias depois, ele faleceria em um acidente de automóvel na Via Dutra (SP), após retornar de uma bem sucedida apresentação em São Paulo, no Largo da Concórdia.




O emblema da RCA-Victor em 1952



É Bom Parar
Samba de Rubens Soares, com conjunto e coro
Disco RCA-Victor 80-1046-A, matriz SB-093492





Foi Ela
Samba de Ary Barroso, com orquestra e coro
Disco RCA-Victor 80-1046-B, matriz SB-093493




A Mulher que ficou na Taça
Valsa de Francisco Alves e Orestes Barbosa
Com orquestra
Disco RCA-Victor 80-1050-A, matriz  SB-093490




Serra da Boa Esperança
Samba de Lamartine Babo
Com Orquestra
Disco RCA-Victor 80-1050-B, matriz SB-093491
Nessa versão, ele só cantou as duas primeiras estrofes do poema.







Fontes:
Arquivo Nirez
Arquivo Marcelo Bonavides
Francisco Alves - As Mil Canções do Rei da Voz, de Abel Cardoso Junior, 1998.






4 comentários:

  1. Ele foi sem dúvida a maior voz da música nacional! Belo post!

    ResponderExcluir
  2. oi marcelo, como vai essa força?
    Post indicado aos leitores do Grupo de Blogs de Cinema Clássico:
    http://blogsdecinemaclassico.blogspot.com/2011/10/links-da-semana-de-26-de-setembro-2-de.html

    boa semana pra vc!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...