sexta-feira, 29 de abril de 2011

COMO É O NOME DO PAPAI?


Elisa Coelho (1909 - 2001) foi uma das mais importantes intérpretes de nossa música.
Trago aqui a bela composição Como é o nome do papai? para vocês admirarem 
sua meiga e terna interpretação.
A composição trata, de forma poética e singela, a sedução e abandono de uma humilde jovem.
Da autoria de Augusto Vasseaur e Luís Peixoto. 
Chamo a atenção, também para brilhante execução da Orquestra Victor Brasileira, 
regida pelo maestro João Martins. 
Augusto Vasseur além de compositor era também ator e cantor, tendo gravado a primeira versão de Boneca de Pixe, intitulada No Morro - Eh, Eh (de Ary Barroso), com Aracy Côrtes, em 1930.
Luís Peixoto foi um dos maiores compositores e autores teatrais do começo do século XX. 
Ele escreveu a burleta Forrobodó (em 1912) e foi um dos autores da letra de Yayá
mais conhecida como Ai Yoyô (que veio a ser a terceira versão de Linda Flôr). 
E essa terceira versão foi lançada e gravada por Aracy Côrtes, 
sempre ligada ao que havia de melhor na música popular brasileira de seu tempo.
Elisinha tem uma grande importância em minhas pesquisas, pois, foi uma das cantoras com quem tive contato por telefone várias vezes. Já contei isso aqui no blog e um dia volto a esse assunto com mais detalhes.


Como é o nome do papai?
Canção de Augusto Vasseur e Luís Peixoto
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira, direção de João Martins
Disco Victor 33.561-B, matriz 65403-1
Gravado em 09 de março de 1932, lançado em junho desse ano.




Lá pras bandas donde eu moro
donde canto, donde choro
donde tenho o que é meu
Eu vivia no meu canto
com meus trapo, com meus santo
que foi só o que Deus me deu

Mas, um dia, distraída
eu tava longe da vida
a pensá nem sei em quê
Quando o Chico, com meiguice
me agarrou no braço e disse:
tô gostando de você

Tinha perto uma lagoa
me meteu numa canoa
foi remando e me levou
Só vortei de madrugada
pra onde eu tava sossegada
e ele nao me acompanhou

Quando a noite nas estrada
olho a lua esbranquicada
pra saber onde ela vai
no meu colo, o meu filhinho
me pergunta, coitadinho:
Como é o nome de papai?




Agradecimento ao Arquivo Nirez

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Elsie Houston, 109 anos

1930
Dedicatória à revista Phono-Arte, 1930.





















A grande soprano brasileira Elsie Houston completaria 109 anos.

Nascida em 22 de abril de 1902, Elsie foi uma das grandes pesquisadoras 
e intérpretes de nossa música folclórica,
 pesquisando pelo Brasil as manifestações populares de suas Regiões.
Além de gravar em discos suas pesquisas, 
publicou trabalhos escritos em Praga e Paris (Sorbone).
Bonita, elegante, com uma bela voz, Elsie Houston foi uma intelectual, 
não fazendo feio frente aos amigos modernistas e às pltéias européias e americanas.



"Hontem, á tarde, o Theatro Cassino encheu-se de uma distincta multidão que foi applaudir a cantora Elsie Houston. O programma intelligentemente composto, teve em Elsie Houston a melhor das interpretes, pela voz, pela diccção, pela arte tão pura com que Ella desperta o mysterio adormecido na musica, transformando-o noutro mysterio que é graça, elegância, subtileza".
Revista Para Todos, 1926. (Grafia e acentuação originais).


Puxa o melão, sabiá
Canção popular pernambucana
Arranjo de Elsie Houston Peret
Acompanhamento do maestro Gaó, Zezinho e Petit
Disco Columbia 7.050-B, matriz 380831-1
Gravado em 1930


Lá vai uma garça avoando
Com uma corrente no pé
O meu coração é teu
O teu, não sei de quem é

Puxa o melão, sabiá
Lá na laranjeira, sabiá
A mulata é boa, sabiá
Mas é inzoneira, sabiá
É boa, é boa, sabiá
Mas é inzoneira

Estrelinha pequenina
Correndo de Norte a Sul
É como o sapato branco
Embaixo de saia azul

Não acredito em muié
Nem quando ela tá drumindo
Os oinho ta fechado
Sobrancelha tá bulindo


Saudades da Bahia
Samba de Jorge Pereira Nóbrega e Nelson Silveira de Souza
Acompanhamento de Petit e Zezinho
Disco Columbia 5.217-B, matriz 380652
Gravado em 1930 e lançado em junho desse mesmo ano.



Só na Bahia eu fui feliz

Sinto saudade de quem me quis

A vida é triste na ingratidão

Vim da Bahia sem coração


Só na Bahia eu fui feliz
Sinto saudade de quem me quis
Quanta ventura que já passei
Padeço agora porque amei

Só na Bahia eu fui feliz
Sinto saudade de quem me quis
Lá na Bahia tudo é gostoso
Até o samba é mais choroso

Só na Bahia eu fui feliz
Sinto saudade de quem me quis
Os mexidinhos só de Yayá
Tem um gostinho como não há




Raro vídeo onde vemos Elsie Houston cantando e dançando.







Agradecimento ao Arquivo Nirez e CEDEM/SP
Foto Para Todos: www.jotacarlos.org
Vídeo: http://youtu.be/p5E8i6RXGMA






quarta-feira, 20 de abril de 2011

Aurora Miranda, 96 anos


Hoje, a cantora Aurora Miranda completaria 96 anos.

Moreno
Samba de Sinval Silva
Disco Odeon 11.401-B, matriz 5394
Acompanhamento da Orquestra Odeon
Gravado 23 de setembro de 1936, disco lançado em outubro.








Agradecimento ao Arquivo Nirez e Thais Matarazzo






terça-feira, 19 de abril de 2011

ORYGAM DE GALLY

Revista Vida Domestica, fevereiro de 1935

Abrir uma caixa de pó de arroz "Orygam de Gally" é ter a mais deliciosa das revelações. 
Tenha a revelação de "Gally" e seja revelada por "Gally".
Cada tonalidade da pelle encontra no pó de arroz "Orygam de Gally" o colorido que lhe convém. 
"Orygam de Gally" offerece todos os tons para o mesmo fim - a belleza.

Pó de Arroz
Orygam de Gally

domingo, 17 de abril de 2011

Novo Design


O Blog está de cara nova.
E quem inaugura essa nova fase é a actriz Hortensia Santos.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Uma Casinha na Praia - 1927

Hoje, trago Patrício Teixeira, intérprete
de grande importância em nossa música.
Ele canta Uma Casinha na Praia, motivo popular
gravado na Odeon em 1927.
 O acompanhamento é de violões, sendo um deles o do próprio Patrício que também era professor de violão e teve por alunas Stefana de Macedo, Olga Praguer Coelho e Jesy Barbosa.


Patrício Teixeira


Uma Casinha na Praia
Canção popular
Gravada por Patrício Teixeira, com acompanhamento de violões
Disco Odeon 10.083-B, matriz 1381
Gravação de 1927








Agradecimento ao Arquivo Nirez





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...