sexta-feira, 18 de maio de 2012

VASSOURINHA, 89 anos

Vassourinha aos 12 anos, capa da revista Carioca, 1935.


Há 89 anos nascia, em São Paulo, Mário Ramos, o cantora Vassourinha, 16 de maio de 1923.
Em 1934, o menino Mário Ramos, de apenas 11 anos, começou a soltar sua voz. Mas, somente no ano seguinte ele teria sua carreira impulsionada através do filme Fazendo Fita.
A jornalista e pesquisadora musical Thais Matarazzo nos conta que ele trabalhava como contínuo da Rádio Record, em São Paulo. Morava no bairro da Barra Funda em uma pensão, onde sua mãe trabalhava como faxineira e cozinheira.
Aos poucos, passou a ser conhecido no meio musical e tornou-se célebre, devido ao seu precoce talento e boa voz.
Vieram as gravações, programas de rádio, shows... Com o pseudônimo de Vassourinha, que lembrava sua humilde origem, ele já fazia parte dos maiores nomes de nossa música, se apresentando no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Em São Paulo, acompanhado do regional de Armandinho, 1938.

Toda essa bem sucedida carreira seria interrompida em 03 de agosto de 1942. Ele tinha apenas 19 anos e faleceu vitima de tuberculose. Também tinha uma doença nos ossos, porém, não sei dizer se isso contribuiu para sua morte.
O pouco que ele deixou gravado nos dá a ideia de quanto ele era bom sambista e ainda poderia contribuir bastante com nossa música.
Vamos conferir algumas gravações do célebre Vassourinha.


Encontro de ases do broadcasting, 1938.
Da esquerda para a direita: Vassourinha, Aurora Miranda, 
Almirante, Carmen Miranda e Sylvio Caldas.
Não identifiquei o último homem.



Seu Libório
Choro de João de Barro (Braguinha) e Alberto Ribeiro
Disco Columbia 55.295-A, matriz 441-2
Acompanhamento do Conjunto Regional de Benedito Lacerda
Gravado em 23 de junho de 1941 e lançado em agosto.
Foi cantado no filme Alô, alô Carnaval (Cinédia, 1936), pelo cantor Luís Barbosa,
em ritmo de samba, batucando em seu chapéu de palha, em uma cena antológica.



Juracy
Choro de Antonio Almeida e Ciro de Sousa
Disco Columbia 55.295-B, matriz 442-1
Acompanhamento do Conjunto Regional de Benedito Lacerda
Gravado em 23 de junho de 1941 e lançado em agosto.



Emília
Clássico samba de Haroldo Lobo e Wilson Batista
Disco Columbia 55.302-A, matriz 443-2
Acompanhamento do Conjunto Regional de Benedito Lacerda
Gravado em 1941 e lançado em outubro.



Ela vai à feira
Samba de Roberto Roberti e Almanir Grego
Disco Columbia 55.302-B, matriz 444-1
Acompanhamento do Conjunto Regional de Benedito Lacerda
Gravado em 1941 e lançado em outubro.



Amanhã tem baile
Samba de Haroldo Lobo e Milton de Oliveira
Disco Columbia 55.346-A, matriz 517-1
Acompanhamento do Conjunto Regional de Benedito Lacerda
Gravado em 12 de maio de 1942 e lançado em junho.



Volta pra casa, Emília
Samba de Antônio Almeida e J. Batista
Disco Columbia 55.346-B, matriz 514-1
Acompanhamento do Conjunto Regional de Benedito Lacerda
Gravado em 12 de maio de 1942 e lançado em junho.









Agradecimento à Thais Matarazzo e ao Arquivo Nirez







Um comentário:

  1. Sinceramente não o conhecia! Mais um imortal na história de nossa música! Obrigada por nos presentear com tão lindas memórias.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...