segunda-feira, 19 de novembro de 2012

PELAS ONDAS DA MAYRINK




A Rádio Mayrink Veiga foi uma das principais emissoras do Brasil durante a década de 1930. Existindo desde 1926, ela foi impulsionada com a contratação de César Ladeira. Foi ele quem profissionalizou os artistas da emissora, tornando-a pioneira no tratamento de seus funcionários, modernizando-a. Pode-se dizer que a partir daí o rádio amadureceu.
Nem o surgimento da Rádio Nacional, em 1936, abalou o poder da Mayrink, que continuou dominando o restante da década de trinta.
Os grandes artistas do rádio começaram suas carreiras na Rádio Mayrink Veiga, como Carlos Galhardo, o Rei da Valsa.
O livro Pelas ondas da Mayrink leva essas e muitas outras informações aos leitores. Sua autora, Norma Hauer, grande admiradora de Carlos Galhardo, escreveu uma obra documental, feita para ser lida, apreciada e guardada com um acervo da mais pura informação cultural.
Muitos ouvintes ainda se recordam com saudade dos programas da Mayrink.
 Suas páginas revelam a história de uma das maiores emissoras de rádio que o Brasil já teve, a Rádio Mayrink Veiga (PRA-9), que fez de Carmen Miranda uma estrela ouvida e apreciada no país inteiro.











A Autora
Norma Hauer nasceu em Curitiba (PR), mas, aos dois anos, já estava com a família morando no Rio de Janeiro, no bairro de Santa Teresa. Aí, passou boa parte de sua vida, saindo para morar na Tijuca há 19 anos.
Quando criança, nos anos de 1930, ouvia encantada o rádio que seu pai comprou, e que sua irmã mais velha tomara de conta. Ficava fascinada por aquele aparelho que, ao contrário das vitrolas de outrora, funcionava com eletricidade e não precisava dar corda.
Suas memórias e pesquisas nos dão uma bela obra, documentando uma das emissoras responsáveis pela propagação da magia do rádio para várias gerações, a Rádio Mayrink Veiga (PRA-9).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...