segunda-feira, 22 de julho de 2013

A GUEISHA NO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR, 1915

A opereta A Gueisha (em grafia da época), de Sidney Jones, fez muito sucesso no início do século XX, encenada por grandes artistas no Rio de Janeiro. Até filme virou, em 1909. Um filme opereta, na era do cinema mudo; aonde os artistas iam para trás da tela dublar os números musicais.

Aqui em Fortaleza (CE), o sucesso de A Gueisha não foi menor.
Vasculhando o Arquivo Nirez, tive uma grata surpresa.

Em 1915, a Companhia Cruz Branca, formada por meninas e senhoritas da elite fortalezense, levou a opereta aos palcos do Theatro José de Alencar (então com apenas cinco anos de inauguração), em quatro apresentações.  O êxito da montagem foi registrado pelas páginas do periódico Fon Fon.


Srta. Virgínia Salgado no papel de Gueisha (Mimosa).


Menina Waudelis Jardim,
no papel do dono da casa de chá




Cena do 1º ato.
Palco do Theatro José de Alencar.


Cena do 1º ato.
Palco do Theatro José de Alencar.


Srta. Sylvia (Marques) e o pagem


As Gueixas, da esquerda para a direita: Senhoritas Barrozo, Gomes Moura, Moraes e Luila Motta.


FON-FON, 1915.




Agradecimento ao Arquivo Nirez








2 comentários:

  1. Excelente, amigo Marcelo. O Teatro ainda com cheirinho de novo...
    Parabéns pelo excelente POST.

    lucianohortencio

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...