sábado, 15 de março de 2014

CARMEN MIRANDA INTERPRETA ASSIS VALENTE

Assis Valente e Carmen Miranda.


Há 56 anos, em 10 de março de 1958, falecia o compositor baiano ASSIS VALENTE.

Assis Valente foi um dos mais importantes compositores brasileiros, tendo iniciado sua carreira de compositor no começo dos anos 30, tendo sua primeira composição, Tem Francesa no Morro, gravada por Aracy Côrtes, sendo um sucesso.
Sua maior musa seria a cantora Carmen Miranda, que gravou 24 músicas de Assis, lançando alguns clássicos de nossa MPB. Carmen também era sua amiga pessoal. 

Sofrendo de crises depressivas, o compositor que, mesmo com todo o sucesso, atravessava crises financeiras, tentou suicídio em duas ocasiões (uma delas atirando-se do Corcovado, mas, foi salvo pelas copas das árvores que amenizaram o impacto). Porém, em 1958, ele tentou mais uma vez e, infelizmente, foi bem sucedido, ingerindo formicida com guaraná em um banco da Praia do Russel, no Rio de Janeiro. 

Ainda em 1936 a cantora Sônia Carvalho gravou um samba de Assis, em parceria com Roberto Azevedo, intitulado Você Quer Se Ver Livre Deste Mundo, cujos versos falavam justamente de suicídio por veneno ao mesmo tempo em que defendia a vida, tentando demover alguém dessa ideia. A própria Sônia declararia décadas depois que Assis tinha uma fixação por suicídio.

Em uma homenagem ao genial compositor, que em suas músicas retratava crônicas sociais, trago Carmen Miranda interpretando dez músicas de sua autoria.

Curiosidades

  • Em Good Bye e Tão Grande e Tão Bobo, o compositor Lamartine Babo faz participação com Carmen.
  • Segundo o saudoso pesquisador Abel Cardoso Junior, biógrafo de Carmen Miranda, Good Bye foi inspirada em uma festa em que Assis Valente esteve, em Vila Isabel. Onde "se declamava muito Olegário Mariano, Menotti Del Picchia, etc... senhoras em sóirées ordinárias e almofadinhas baratos da época trocavam muitos good byes", sem senso do ridículo. Lamartine Babo, na gravação, faz imitação ao cantor Al Jolson. Quando Carmen esteve na Bahia, em 1932, já levava a marchinha em seu repertório, cantando uma quadra inédita, porém, que não fazia parte oficialmente da música: "É vergonha se dançar o candomblé/ É p´ra gente de fogão e de panela/ Já se desprezou a batucada/ Só se dança o black-bottom na favela". Em 26 de janeiro de 1933, houve a apuração do concurso de músicas carnavalescas do Distrito Federal. Good Bye ganhou o 1 prêmio.
  • Em Mulatinho Bamba há uma citação ao ator Clark Gable e ao filme Acorrentada (Chained), de 1934, estrelado por Gable e Joan Crawford.
  • Isso Não se Atura faz referências à Madame Butterfly (ópera de Puccini), a Beethoven e à célebre Kananga do Japão, famosa sociedade carnavalesca e dançante do início do século XX, no Rio de Janeiro, que já foi tema de uma novela na Rede Manchete, em 1989. Também faz referência ao Café Nice, reduto de compositores.
  • Uva de Caminhão faz referência à vários sucessos de carnaval do anos 30.


GOOD BYE
Marcha
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 33.604-A, matriz 65605-2
Gravado em 29 de novembro de 1932 e lançado em janeiro de 1933




TÃO GRANDE E TÃO BOBO
Marcha
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 33.721-A, matriz 65823-1
Gravado em 01 de agosto de 1933 e lançado em novembro





MINHA EMBAIXADA CHEGOU
Samba
Acompanhamento do Grupo do Canhoto
Disco Odeon 33.847-A, matriz 79704-1
Gravado em 28 de setembro de 1934 e lançado em novembro




TE JÁ
Marcha
Acompanhamento do Grupo do Canhoto
Disco Odeon 33.847-B, matriz 79705-1
Gravado em 28 de setembro de 1934 e lançado em novembro




ACORDA SÃO JOÃO
Marcha
Acompanhamento dos Diabos do Céu, sob a direção de Pixinguinha
Disco Victor 33.788-A, matriz 79613-2
Gravado em 23 de abril de 1934 e lançado em junho




FALA MEU PANDEIRO
Samba
Acompanhamento do Grupo Odeon
Disco Odeon 11.318-B, matriz 5226
Gravado em 26 de dezembro de 1935 e lançado em fevereiro de 1936




ISSO NÃO SE ATURA
Samba
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Odeon 11.244-B, matriz 5085
Gravado em 26 de junho de 1935 e lançado em julho



UVA DE CAMINHÃO
Samba Revista
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 11.712-A, matriz 6034
Gravado em 21 de março de 1939 e lançado em maio




DEIXA COMIGO
Samba 
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 11.712-B, matriz 6035
Gravado em 21 de março de 1939 e lançado em maio




RECENSEAMENTO
Samba
Acompanhamento do Conjunto Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.923-B, matriz 6468
Gravado em 27 de setembro de 1940 e lançado em dezembro








Agradecimento ao Arquivo Nirez









Um comentário:

  1. Caro Marcelo, descobri seu Blog por acaso! tenho um carinho Enorme por Assis Valente, fiz uma pesquisa na faculdade e descobri muita coisa sobre esse grande compositor! Carmen Miranda era sua musa, amiga, Assis escrevi música pensando na mesma para gravar e cantar. Fico triste pq escreveu Brasil Pandeiro para Carmen e ela recusou: Em 1940, compôs para Carmen Miranda o samba "Brasil pandeiro", na ocasião em que a cantora voltava ao Rio de Janeiro após sua primeira viagem aos Estados Unidos. Carmen Miranda não gostou da composição, fato que o deixou desolado. Fonte:http://www.dicionariompb.com.br/assis-valente/dados-artisticos


    Muito bom seu Blog mais uma vez, abração! Joaquim Sotero

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...