segunda-feira, 18 de julho de 2016

MARINO PINTO - 100 ANOS

MARINO PINTO, 1939
Revista Carioca
http://memoria.bn.br/



Há 100 anos nascia o compositor MARINO PINTO.

Filho do violonista e cantor amador Diogo Feliciano Pinto e de Maria Madureira Pinto, Marino do Espírito Santo Pinto nasceu em Bom Jardim, RJ, a 18 de julho de 1916.

Escreveu sua primeira composição, Ilka, aos onze anos de idade, dedicada a uma namorada. Com treze anos passou a frequentar aos domingos a Rádio Philips, tornando-se admirador do cantor Sílvio Caldas.  Mesmo aprovado, em 1934, no curso de Direito, não o concluiu, dedicando-se ao Jornalismo. Inicialmente, trabalhou no jornal Avante, tendo como secretário o letrista Jorge Faraj.

Depois, trabalhou em jornais como A pátria, A Nação, fundou O mundo, A nota, e trabalhou nas sucursais das Folhas da Manhã e da Noite de São Paulo.

Iniciou sua carreira de compositor em 1938, a princípio apenas como letrista.

Abandonaria o jornalismo em 1943, empregando-se no comércio, sendo gerente da Casa Waldeck. Nesse emprego, teve como companheiros os então vendedores Haroldo Lobo e Milton de Oliveira.

Em 1945, deixa o emprego e passa a se dedicar à carreira artística. Em 1946, ao lado de um grupo de compositores, fundou a Sbacem, Sociedade Brasileira de Autores, Compositores e Escritores de Música.

Em 1951, Getúlio Vargas o nomeou censor no departamento Federal de Segurança Pública, cargo que manteve pelo resto da vida. Em 1957, foi presidente do conselho deliberativo da Sbacem, sendo eleito em 1959, conselheiro vitalício e um ano mais tarde, presidente da entidade, tendo sido reeleito em 1962 e 1964. Em 1959, casou-se com Zaíra Ferreira.

Marino Pinto faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 28 de janeiro de 1965.




MARINO PINTO
http://cifrantiga3.blogspot.com.br/





FALE MAL... MAS FALE DE MIM
Samba em parceria com Ataulfo Alves
Gravado por Aracy de Almeida
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.503-B, matriz 33141-1
Gravado em 18 de agosto de 1939 e lançado em novembro

  

VALE MAIS
Marcha em parceria com Wilson Batista
Gravada por Lolita França
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.531-A, matriz 33192-1
Gravado em 18 de outubro de 1939 e lançado em dezembro



POSITIVAMENTE NÃO
Samba em parceria com Ataulfo Alves
Gravado por Aracy de Almeida
Acompanhamento de Orquestra
Disco Victor 34.605-A, matriz 33359-1
Gravado em 21 de março de 1940 e lançado em maio



DEUS NO CÉU E ELA NA TERRA
Samba em parceria com Wilson Batista
Gravado por Carlos Galhardo
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.643-A, matriz 33443-1
Gravado em 14 de junho de 1940 e lançado em agosto



PRECONCEITO
Samba em parceria com Wilson Batista
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.817-A, matriz S-052282
Gravado em 28 de julho de 1941 e lançado em outubro



AOS PÉS DA CRUZ
Samba em parceria com José Gonçalves
Gravado por Orlando Silva
Acompanhamento de Passos e Sua orquestra
Disco Victor 34.880-A, matriz S-052454
Gravado em 15 de janeiro de 1942 e lançado em março



CAPELA DE SÃO JOSÉ
Valsa em parceria com Herivelto Martins
Gravada por Francisco Alves
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Fon Fon
Disco Odeon 12.162-A, matriz 6948
Gravado em 28 de abril de 1942 e lançado em junho



TELECO-TECO
Samba em parceria com Murilo Caldas
Gravado por Isaura Garcia
Acompanhamento do Conjunto de Benedito Lacerda
Disco Columbia 55.344-B, matriz 520-2
Gravado em 27 de abril de 1942 e lançado em maio



AMANHÃ TEM BAILE
Choro em parceria com Ciro de Souza
Gravado por Isaura Garcia
Acompanhamento de Benedito Lacerda e Seu Conjunto
Disco Victor 80-0188-B, matriz S-052923-1
Gravado em 20 de dezembro de 1943 e lançado em julho de 1944




SEGREDO
Samba em parceria com Herivelto Martins
Gravado por Dalva de Oliveira
Acompanhamento da Orquestra odeon
Disco Odeon 12.792-A, matriz 8218
Gravado em 06 de maio de 1947 e lançado em julho



CABELOS BRANCOS
Samba em parceria com Herivelto Martins
Gravado pelos Quatro Ases e Um Coringa
Acompanhamento de Geraldo Medeiros e Seu Conjunto
Disco Odeon 12.909-A, matriz 8460
Gravado em 30 de novembro de 1948 e lançado em janeiro de 1949











Agradecimento ao Arquivo Nirez
















Um comentário:

  1. A secretaria de Cultura da cidade natal de Marino (Bom Jardim/RJ) faz todos os anos uma homenagem ao compositor e este ano a comemoração se estenderá por motivo de seu centenário. Iniciada no dia 15 de julho com o espetáculo "Elas cantam Marino" e a Festa Literária em setembro.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...