sexta-feira, 28 de abril de 2017

ODETE AMARAL - 100 ANOS

ODETE AMARAL


Há 100 anos nascia a cantora ODETE AMARAL, A Voz Tropical do Brasil.




SORRINDO
Samba de Ciro Monteiro e Luís Pimentel
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.160-A, matriz 80359-1
Gravado em 13 de abril de 1937 e lançado em maio



TERRA DE AMORES
Rumba de Gadé e Valfrido Silva
Acompanhamento dos Diabos do Céu
Disco Victor 34.160-B, matriz 80360-1
Gravado em 13 de abril de 1937 e lançado em maio



ALMA DE UM POVO
Samba de Amado Régis e Sinval Silva
Acompanhamento da Orquestra Carioca Swingtette, sob a direção de Radamés
Disco Victor 34.358-A, matriz 80838-1
Gravado em 13 de julho de 1938 e lançado em setembro



GINGA
Samba de Amado Régis
Acompanhamento da Orquestra Carioca Swingtette, sob a direção de Radamés
Disco Victor 34.358-B, matriz 80839-1
Gravado em 13 de julho de 1938 e lançado em setembro



TEU RETRATO
Samba Choro de Dunga e Carlito Moreno
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.657-A, matriz 33642-1
Gravado em 09 de julho de 1940 e lançado em setembro



SORRIS DE MIM
Samba de João da Baiana e Babaú
Acompanhamento de Regional
Disco Victor 34.657-B, matriz 33463-1
Gravado em 09 de julho de 1940 e lançado em setembro



A BATUCADA COMEÇOU
Samba de Ary Barroso
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.999-A, matriz 6627
Gravado em 24 de abril de1941 e lançado em junho



FARRAPO
Samba de Egídio Figueiredo
Acompanhamento dos Boêmios da Cidade
Disco Odeon 11.999-B, matriz 6603
Gravado em 03 de abril de 1941 e lançado em junho



MAIOR QUE TUDO, É O AMOR
Marcha de Edgard de Almeida
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 12.019-A, matriz 6644
Gravado em 14 de maio de 1941 e lançado em agosto



NÃO QUERO DIZER ADEUS
Samba Choro de Laurindo de Almeida
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 12.019-B, matriz 6646
Gravado em 14 de maio de 1941 e lançado em agosto






Agradecimento ao Arquivo Nirez















segunda-feira, 24 de abril de 2017

CARLOS GALHARDO - 104 ANOS

CARLOS GALHARDO



Há 104 anos nascia o cantor CARLOS GALHARDO, O Rei da Valsa.

  

ITALIANA
Valsa de Osvaldo Santiago, Paulo Barbosa e José Maria de Abreu
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 34.079-B, matriz 80152-1
Gravado em 06 de maio de 1936 e lançado em agosto



APENAS TU
Valsa de Roberto Martins e Jorge Faraj
Acompanhamento de Benedito Lacerda e seu Regional
Disco Odeon 11.398-B, matriz 5379
Gravado em 01 de junho de 1936 e lançado em setembro



A VOCÊ
Valsa de Ataulfo Alves e Aldo Cabral
Acompanhamento da Orquestra Copacabana
Disco Odeon 11.458-A, matriz 5408
Gravado em 08 de outubro de 1936 e lançado em abril de 1937



NO APARTAMENTO DISCRETO
Valsa de Ataulfo Alves e Arlindo Marques Jr.
Acompanhamento da Orquestra Copacabana sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.522-A, matriz 5585
Gravado em 01 de junho de 1937 e lançado em outubro



MAIS UMA VALSA MAIS UMA SAUDADE
Valsa de José Maria de Abreu e Lamartine Babo
Acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira
Disco Victor 34.200-B, matriz 80472-1
Gravado em 18 de junho de 1937 e lançado em setembro



TENS RAZÃO
Valsa de Nilton Teixeira e Orestes Barbosa
Acompanhamento dos Boêmios da Cidade
Disco Victor 34.201-B, matriz 80496-1
Gravado em 18 de junho de 1937 e lançado em setembro








Agradecimento ao Arquivo Nirez















domingo, 23 de abril de 2017

PIXINGUINHA - 120 ANOS

PIXINGUINHA
http://www.suasletras.com



Há 120 anos nascia PIXINGUINHA.

Trago algumas de suas composições gravadas entre 1917 e 1919, em sua maioria acompanhada pelo compositor no Choro Pixinguinha ou Grupo do Pixinguinha.





MORRO DA FAVELA
Maxixe
Gravado pelo Grupo do Pixinguinha
Acompanhamento de flauta, violino e piano
Disco Odeon Record 121.324
Gravado e lançado em 1917




MORRO DO PINTO
Maxixe
Gravado pelo Grupo do Pixinguinha
Acompanhamento de flauta, violino e piano
Disco Odeon Record 121.325
Gravado e lançado em 1917




SOFRES PORQUÊ QUERES
Tango
Acompanhamento do Choro Pixinguinha
Disco Odeon Record 121.364
Gravado e lançado em 1917




ROSA
Valsa
Acompanhamento do Choro Pixinguinha
Disco Odeon Record 121.365
Gravado e lançado em 1917




JÁ TE DIGO
Samba carnavalesco
Acompanhamento da Banda do Batalhão Naval
Disco Odeon Record 121.563
Lançado em 1919




OS OITO BATUTAS
Tango
Acompanhamento do Grupo do Pixinguinha
Disco Odeon Record 121.610
Lançado em 1919




OS DOIS QUE SE GOSTAM
Tango
Acompanhamento do Grupo do Pixinguinha
Disco Odeon Record 121.613
Gravado e lançado em 1919




NOSTALGIA DO LUAR
Valsa
Acompanhamento do Grupo do Pixinguinha
Disco Odeon Record 121.614
Gravado e lançado em 1919







Agradecimento ao Arquivo Nirez








sábado, 22 de abril de 2017

ELSIE HOUSTON - 115 ANOS

ELSIE HOUSTON


Há 115 anos nascia a soprano e folclorista ELSIE HOUSTON.





MORENA COR DE CANELA
Popular sob a adaptação de Ary Kerner Veiga de Castro
Acompanhamento de Petit e Zezinho
Disco Columbia 5.217-B, matriz 380649
Lançado em junho de 1930








domingo, 9 de abril de 2017

DIRCINHA BATISTA - 95 ANOS

DIRCINHA BATISTA
Arquivo Nirez



No dia 07 de Abril de 1922 nascia, em São Paulo, a cantora DIRCINHA BATISTA.
Dircinha iniciou sua carreira aos 08 anos de idade, gravando na Columbia, levada por seu pai, o famoso ventríloquo, cantor e humorista Batista Junior.

Durante a década de 1930 gravou vários discos e atuou em filmes, como atriz ou somente cantando.

Foi uma das cantoras mais populares de nosso país nas duas décadas seguintes, sendo coroada Rainha do Rádio em 1948, substituindo sua irmã, a cantora Linda Batista.

Dircinha faleceu no Rio de Janeiro em 18 de junho de 1999.

Trago algumas de suas músicas como o belo samba Bazar do Amor e a deliciosa marcha Upa Upa (Meu Trolinho), regravada depois por artistas como Carmen Miranda, na década de 1940 e a Turma do Balão Mágico, na década de 1980.



BARBA AZUL
Marcha de Osvaldo Santiago
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.780-B, matriz 6194
Gravado em 06 de setembro de 1939 e lançado em novembro



É PRA CASAR OU PRA QUE É
Marcha de Antônio Almeida
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.798-B, matriz 6235
Gravado em 23 de outubro de 1939 e lançado em dezembro



NÃO É VANTAGEM
Frevo canção de Nelson Ferreira e Osvaldo Santiago
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.810-A, matriz 6260
Gravado em 17 de novembro de 1939 e lançado em janeiro de 1940



JURO
Frevo canção de Nelson Ferreira
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.810-B, matriz 6261
Gravado em 17 de novembro de 1939 e lançado em janeiro de 1940



UPA UPA (MEU TROLINHO)
Marcha de Ary Barroso
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.812-A, matriz 6249
Gravado em 08 de novembro de 1939 e lançado em janeiro de 1940



NUNCA MAIS
Samba de Ary Barroso
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.812-B, matriz 6248
Gravado em 08 de novembro de 1939 e lançado em janeiro de 1940



BAZAR DO AMOR
Samba choro de Cristóvão de Alencar e Nilton Teixeira
Acompanhamento dos Boêmios da Cidade
Gravado em 09 de março de 1940 e lançado em abril



AS TRÊS DE AMIGAS DO BARULHO
Marcha de Gomes Filho e Alcides Luz
Acompanhamento da Orquestra Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.867-A, matriz 6371
Gravado em 14 de maio de 1940 e lançado em julho






Agradecimento ao Arquivo Nirez










terça-feira, 4 de abril de 2017

PEPA DELGADO, ARACY CÔRTES E A PETROPOLITANA

Pesquisando a vida e obra da atriz-cantora Pepa Delgado, esbarrei em uma opereta onde ela atuava chamada Por Trás da Cortina, de J. Dicenta em adaptação do ator Pedro Augusto, estreada no Theatro São José do Rio de Janeiro em março de 1914. 

Um dos grandes destaques da peça era a modinha do maestro Adalberto de Carvalho intitulada Petropolitana

Cabia à Pepa Delgado interpretá-la e a imprensa tomou-se de amores pela música, sempre fazendo questão de elogiar a interpretação de Pepa, inclusive destacando-a nos cartazes. O jornal A Imprensa afirmava que, em breve, a modinha faria mais sucesso que as conhecidas Caraboo e Cabocla de Caxangá.



Eu fiquei com uma pulga atrás da orelha, pois Petropolitana era o título de uma das primeiras gravações realizadas pela também atriz-cantora Aracy Côrtes em 1925, na Casa Edison, onde Pepa Delgado registrou dezenas de discos. No caso da música de Aracy, a Discografia Brasileira não dizia o autor da música.

Ontem, dia 03 de abril, vi que a Biblioteca Nacional disponibilizou o periódico Theatro & Sport para consulta pública. Como sabia que essa revista trazia muita informação sobre artistas de teatro do começo do século XX, comecei a pesquisá-la online.

Para minha surpresa encontrei várias fotografias inéditas de Pepa Delgado, inclusive ilustrando algumas capas. Entre essas capas, havia uma de 02 de maio de 1914, onde trazia uma bonita imagem de Pepa, com elogios à sua "naturalidade" ao cantar a canção Petropolitana no Theatro São José. Ao lado, a letra da música. E foi aí que tive a certeza de que a composição Petropolitana lançada por Pepa Delgado em 1914 era a mesma que Aracy Côrtes gravou em 1925. Dessa forma, ficamos sabendo o autor da música e que de fato ela fez muito sucesso, sendo lembrada onze anos depois de seu lançamento nos palcos.

É uma pena que ela também não tenha sido gravada por Pepa Delgado, assim como tantas outras que a artista lançou nos palcos.

Confiram a gravação de Aracy Côrtes, a foto de Pepa Delgado, a letra de Petropolitana e a sua repercussão na imprensa de 1914.




PETROPOLITANA
Canção de Adalberto de Carvalho
Gravada por Aracy Côrtes
Acompanhamento do Jazz Band Sul Americano Romeu Silva
Disco Odeon Record 122.885
Lançado em 1925




Theatro & Sport
02 de maio de 1914
http://memoria.bn.br


Pepa Delgado
Theatro & Sport
02 de maio de 1914
http://memoria.bn.br


Aracy Côrtes, ainda aos 17 anos.
Theatro & Sport, 14 janeiro 1922
http://memoria.bn.br


Letra de Petropolitana
Theatro & Sport

02 de maio de 1914
http://memoria.bn.br



Repercussão de Petropolitana na imprensa de 1914

O PAIZ


O Paiz, Terça-Feira, 24 de Março de 1914, p.05




O Paiz, Sexta-Feira, 27 de Março de 1914, p








O Paiz, Quarta-Feira, 29 de abril de 1914, p.05





O PAIZ
Terça-Feira, 24 de novembro de 1914, p.03
Artes e Artistas
"O actor J. Pedroso realiza hoje a sua festa artistica no theatro S. José. O programma organizado pelo operoso artista é de primeira ordem ... a popular actriz Pepa Delgado cantará, acompanhada de coros, a Petropolitana, de sucesso extremo".



A NOITE





A IMPRENSA


A IMPRENSA, Quinta-Feira, 26 de Março de 1914, p.03




A IMPRENSA, Quarta-Feira, 29 de Abril de 1914, p.04



Fontes dos recortes de jornais: http://memoria.bn.br






Agradecimento ao Arquivo Nirez








Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...