sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

NOITE DE REIS - TANGO DE 1927

Trago novamente a postagem sobre o tango NOITE DE REIS


Noche de Reyes é um belo tango composto em 1927 por Jorge Curi (letra em espanhol) e Pedro Maffia (melodia). A gravação original foi feita pelo grande Carlos Gardel, em 22 de outubro de 1927.
Em 1928, o cantor e compositor Zeca Ivo fez uma tradução em português, Noite de Reis, ficando mais conhecida (embora décadas mais tarde houvessem versões bem semelhantes) devido à gravação feita por Francisco Alves, nesse mesmo ano. A cantora brasileira Lydia Campos fez muito sucesso cantando em espanhol, chegando inclusive a gravar.



Francisco Alves, Lydia Campos e Carlos Gardel.


O Dia de Reis, segundo a tradição cristã, seria o dia em que Jesus Cristo, recém nascido, recebeu a visita dos Reis Magos, tendo ocorrido no dia 06 de janeiro. A noite do dia 05 e a madrugada do dia 06 de janeiro é conhecida como Noite de Reis. Em alguns lugares, como a Itália, não existe a tradição de se trocar  presentes no dia 25 de dezembro, e sim, no dia 06 de janeiro.

No Brasil, por exemplo, existe ainda o Reisado, ou Folia de Reis, que se inicia em 24 de dezembro, indo até o dia 06 de janeiro. Embora cada vez mais raro, em algumas cidade, na noite do dia 05 de janeiro, alguns grupos e/ou crianças saem de porta em porta cantando e pedindo prendas.
Para conhecer mais sobre o Reisado, indico o site de minha amiga Lúcia Paiva, Na Cadeirinha de Arruar.


Vamos conferir as letras e gravações do tango Noite de Reis (Noche de Reyes).



Pedro Maffia


Zeca Ivo



Carlos Gardel, em gravação de 1927.


Francisco Alves, acompanhado de piano e dois violões
Gravação de 1928
Disco Odeon 10.197-A, matriz 1713-I
Lançado em junho de 1928

Uma curiosidade: Essa gravação de Francisco Alves seria relançada mais duas vezes, em discos Odeon, lançados em outubro de 1928 e em janeiro de 1929.




Lydia Campos, acompanhada de piano e violões
Disco Parlophon 12.807-A, matriz 1701
Gravado em 1928 e lançado em agosto de 1928.




Assim como ninguém talvez lhe haja querido
e lhe adorava tanto, que ânsias eu senti!
Por ela fiz-me terno, honrado e bom marido
Em campo de trabalho a vida converti
Ao cabo de algum tempo, detendo o seu carinho
nascia um pequenito, orgulho de meu lar
Era meu sonho ter em breve um doce ninho
Ser chefe de família, honrado a trabalhar

Mas numa Noite de Reis
quando a meu lar regressava
comprovei que me enganava
com o amigo mais fiel!
Ferido o meu amor próprio
quis vingar esse ultraje
Cheio de ira e coragem
sem compaixão os matei!

Que quadro companheiro, nem quero recordar-me!
Me enche de vergonha, de ódio de rancor
Que vale ser bondoso, se à parte eu vingar-me
cravaram em meu peito a flecha desta dor?
Por isso companheiro, sendo Noite de Reis
os sapatinhos fora o nenê os deixou
Espera um momentinho, não sabe que a mãe dele
por falsa e por canalha seu pai já a matou!



Letra em espanhol


La quise como nadie tal vez haya querido
y la adoraba tanto que hasta celos sentí.
Por ella me hice bueno, honrado y buen marido
y en hombre de trabajo, mi vida convertí.
Al cabo de algún tiempo de unir nuestro destino
nacía un varoncito, orgullo de mi hogar;
y era mi dicha tanta al ver claro mi camino,
ser padre de familia, honrado y trabajar.


Pero una noche de Reyes,
cuando a mi hogar regresaba,
comprobé que me engañaba
con el amigo más fiel.
Y ofendido en mi amor propio
quise vengar el ultraje,
lleno de ira y coraje
sin compasión los maté!


Que cuadro compañeros, no quiero recordarlo!
Me llena de vergüenza, de odio y de rencor.
De que vale ser bueno! Si aparte de vengarme
clavaron en mi pecho la flecha del dolor.
Por eso compañero, como hoy es día de Reyes,
los zapatitos el nene afuera los dejo.
Espera un regalito y no sabe que a la madre
por falsa y por canalla, su padre la mató!
 














Agradecimento ao Arquivo Nirez


Fontes:
Tanda of the week (http://is.gd/cmlmW4)
Todo Tango (http://is.gd/YPkbFk)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...