sábado, 5 de agosto de 2017

CARMEN MIRANDA E SUAS ÚLTIMAS GRAVAÇÕES NO BRASIL

CARMEN MIRANDA
http://memoria.bn.br


Há 62 anos falecia CARMEN MIRANDA, nossa Pequena Notável.

Nascida em Marco de Canaveses (Portugal), em 09 de fevereiro de 1909, Maria do Carmo Miranda da Cunha veio para o Brasil com quase um ano de idade.

Iniciou sua carreira artística em fevereiro de 1929, apresentando-se em audições beneficentes. Em setembro desse ano gravou, na Brunswick, seu primeiro disco, porém, o lançamento seria um pouco demorado e seu padrinho artístico, o compositor e violonista baiano Josué de Barros, a levou para a Victor. Nessa gravadora, Carmen Miranda conseguiu se tornar nacionalmente famosa. Seu primeiro sucesso de vendas foi a marcha do médico Joubert de Carvalho, P´ra você gostar de mim, que ficaria conhecida como Taí.


Em 1939
http://memoria.bn.br



Em 1939
http://memoria.bn.br

Durante os anos 30, Carmen se tornou a mais popular e bem sucedida cantora brasileira, atuando com sucesso no rádio, disco, filmes, cassinos e shows. Lançou vários clássicos de nosso cancioneiro, gravando os melhores compositores de sua época. Ela era uma das melhores intérpretes de samba e marcha, tendo um estilo inconfundível que iria influenciar várias outras cantoras.


http://memoria.bn.br


Em 1939, segue para os EUA, onde ficaria pelo resto de sua vida. Nesse meio tempo, volta ao Brasil duas vezes, em 1940 e 1954. Nos Estados Unidos, teve uma brilhante carreira em show e no cinema, chegando a ser a artista mais bem paga de Hollywood. Sua imagem de baiana, com frutas na cabeça, se tornaram icônicas.


br.pinterest.com


Carmen Miranda faleceu nos EUA em 05 de agosto de 1955, horas após se apresentar em um programa comandado por Jimmy Durante. Seu velório e enterro, no Brasil, foram um dos mais concorridos da história.

Já falamos várias vezes de Carmen Miranda em nosso blog (e falaremos muitas outras). Você pode conferir algumas postagens em:

A OUTRA CARMEN MIRANDAhttp://encurtador.com.br/clrR6
A GINGA BRASILEIRA DE CARMEN MIRANDA: http://encurtador.com.br/lIUV7
A PEQUENA CENTENÁRIA NOTÁVEL: http://encurtador.com.br/kqHOQ
CARMEN MIRANDA INTERPRETA ASSIS VALENTE: http://encurtador.com.br/sHJV6
CARMEN MIRANDA - P´RA VOCÊ GOSTAR DE MIM (TAÍ) - 1930: http://encurtador.com.br/cfoZ0  e  http://encurtador.com.br/lxFP3



Uma de suas últimas apresentações no Rio de Janeiro.
http://memoria.bn.br



Hoje, trago as últimas gravações que ela realizou no Brasil, pela Odeon. Na época, ela já havia ido para os Estados Unidos e, pela primeira vez, voltava ao seu país. Aqui, a princípio foi taxada de ter se americanizado, perdendo suas características ao cantar o samba, em um show no Cassino da Urca. Mas, a maioria dos presentes não era o seu público, as pessoas que gostavam da música popular brasileira. Porém, Carmen se reuniria a alguns compositores para dar uma resposta. E que resposta! Ela gravaria mais alguns clássicos e provaria que ainda era a Carmen Miranda de antes, uma de nossas maiores sambistas, com a bossa e brasilidade intactas. Após um novo show no Cassino da Urca, Carmen Miranda partiria novamente aos EUA, para retornar pela última vez somente quatorze anos depois.


Carmen Miranda canta no Cassino Icaraí, em Niterói (RJ), por ocasião do jantar dançante promovido por Alzira Vargas do Amaral Peixoto em benefício do Preventório de Vista Alegre e da Caixa Beneficente da Colônia de Iguá.
Revista Vida Doméstica, novembro de 1940.
Arquivo Nirez.


Foram oito suas últimas gravações, todas feitas em 1940. Seria a última vez que ela gravaria Assis Valente, que tantos sucessos havia lançado anteriormente.




VOLTEI PRO MORRO
Samba de Vicente Paiva e Luís Peixoto
Acompanhamento do Conjunto Odeon, sob a direção de Simon Bountman e com Vicente Paiva ao piano
Disco Odeon 11.902-A, matriz 6457
Gravado em 02 de setembro de 1940 e lançado em outubro



DIZ QUE TEM
Samba Batuque de Vicente Paiva e Haníbam Cruz
Acompanhamento do Conjunto Odeon, sob a direção de Simon Bountman e com Vicente Paiva ao piano
Disco Odeon 11.902-B, matriz 6458
Gravado em 02 de setembro de 1940 e lançado em outubro



DISSO É QUE EU GOSTO
Chorinho de Luís Peixoto e Vicente Paiva
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 11.913-A, matriz 6463
Gravado em 06 de setembro de 1940 e lançado em novembro



DISSERAM QUE EU VOLTEI AMERICANIZADA
Samba de Luís Peixoto e Vicente Paiva
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 11.913-B, matriz 6459
Gravado em 02 de setembro de 1940 e lançado em novembro



BRUXINHA DE PANO
Samba de Vicente Paiva e Luís Peixoto
Gravado em parceria com Almirante
Acompanhamento do Conjunto Odeon, sob a direção de Vicente Paiva
Disco Odeon 11.923-A, matriz 6460
Gravado em 06 de setembro de 1940 e lançado em dezembro



RECENSEAMENTO
Samba de Assis Valente
Acompanhamento do Conjunto Odeon sob a direção de Simon Bountman
Disco Odeon 11.923-B, matriz 6468
Gravado em 27 de setembro de 1940 e lançado em dezembro



O DENGO QUE A NEGA TEM
Samba de Dorival Caymmi
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 11.976-A, 6461
Gravado em 06 de setembro de 1940 e lançado em abril de 1941



É UM QUÊ QUE A GENTE TEM
Samba de Ataulfo Alves e Torres Homem
Acompanhamento do Conjunto Odeon
Disco Odeon 11.976-B, matriz 6462
Gravado em 06 de setembro de 1940 e lançado em abril de 1941







Agradecimento ao Arquivo Nirez 












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...