domingo, 12 de novembro de 2017

ZIZINHA BESSA - 40 ANOS DE SAUDADE

ZIZINHA BESSA
http://memoria.bn.br


Há 40 anos falecia a compositora ZIZINHA BESSA.

Marcionilla Bessa Rodrigues do Nascimento nasceu em 1887 em Campos (RJ), falecendo na cidade do Rio de Janeiro em 12 de novembro de 1977. Não sabemos o dia e mês de seu nascimento, sendo provável que ela tenha vivido por noventa anos. Segundo a cantora Jesy Barbosa, Zizinha Bessa nasceu em Campos.

Segundo o site Dicionário da MPB, do pesquisador musical Ricardo Cravo Albin, após se formar na Escola Nacional de Música, atualmente da UFRJ, Zizinha Bessa integrou o coral de Villa-Lobos. O site informa que ela também era cantora.


Através da Discografia Brasileira e do Catálogo Victor podemos apontar duas músicas de sua autoria, Medroso de Amor, samba canção, fazendo parte do primeiro disco lançado da cantora Jesy Barbosa em 1929, segundo o site acima citado, autora da letra. Também encontramos a canção Coração fecha os ouvidos, de Zizinha e Osvaldo Orico, também gravada por Jesy Barbosa, em 1930.


JESY BARBOSA
http://memoria.bn.br



Correio da Manhã,
Quarta-feira, 08 de outubro de 1930, p.09.
http://memoria.bn.br


Quando Jesy concorreu ao posto de Rainha da Canção Brasileira (do qual foi vencedora), promovido pelo jornal Diário Carioca, Zizinha Bessa fez questão de destacar seu voto à cantora.


Diário Carioca, Terça-feira, 02 de setembro de 1930, p. 03.
http://memoria.bn.br




MEDROSO DE AMOR
Catálogo Victor
Arquivo Nirez

Samba Canção de Zizinha Bessa
Gravado por Jesy Barbosa
Acompanhamento do Choro Victor
Disco Victor 33.208-B, matriz 50034-2
Gravado em 11 de setembro de 1929 e lançado em novembro





CORAÇÃO FECHA OS OUVIDOS
Catálogo Victor
Instituto Moreira Salles

Canção de Osvaldo Orico e Zizinha Bessa
Gravada por Jesy Barbosa
Acompanhamento de Rogério Guimarães ao violão
Disco Victor 33.309-B, matriz 50220-2
Gravado em 29 de março de 1930 e lançado em fevereiro de 1931






Letras

MEDROSO DE AMOR

Vem medroso, sem temor
Por que é que foges 
tanto assim do meu amor?
Vem medroso sem tardar
Pois que mal faz
uma criatura te adorar?

Eu nada posso do que suplicar
Se não há a esmola de um olhar
Não tenhas medo, não fujas, não
Pois que mal faz que seja seu
meu coração?

Vem medroso, sem temor
Por que é que foges 
tanto assim do meu amor?
Vem, pertinho te quero ter
E tu verás que nada pode acontecer

Por que te esquivas longe de mim
e o meu carinho tu negas tanto assim?
Mas eu já sei qual a razão:
Tu tens é medo de enfrentar a tentação!


CORAÇÃO FECHA OS OUVIDOS

Quando alguém, magoado e triste
Bem ergueu um pouco ?
Dai-o bem maior que existe, o coração
Mas quem diz pedir a esmola
que dá alivio à aflição
Da moeda que consola o coração.

Quando alguém desabrigado solicitar proteção
Oferece-lhe o telhado e o coração.

Se te ofenderem, perdoa
Também é esmola, o perdão.
Quando vem da ponte, voa, do coração
Mas se alguém de olhos fingidos, 
sem sentir a compaixão, 
coração fecha os ouvidos ao coração.







Agradecimento ao Arquivo Nirez










Um comentário:

  1. Marcelo. que maravilha. Só você mesmo para resgatar a grande Jesy Barbosa e Zizinha Bessa. Adoro.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...