domingo, 25 de março de 2018

LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS NO CEARÁ - 134 ANOS

Há 134 anos acontecia a Libertação dos Escravos no Ceará.


Ocorrida em 25 de março de 1884, uma terça-feira, a libertação dos escravos antecipava-se em quatro anos a Lei Áurea, que aboliu a escravidão no Brasil. O Ceará passava a ser a primeira província do país a tomar tal atitude.

Segundo o pesquisador Nirez, o presidente da Província, Manuel Sátiro de Oliveira Dias (Sátiro Dias), decretou a Abolição dos escravos em todo o território do Ceará em sessão realizada em pavilhão armado na Praça Castro Carreira. Em Fortaleza foram quatro dias de festas, mas em alguns lugares houve resistência e demorou ainda a libertação geral.

Cresci ouvindo histórias em torno da abolição e seus personagens, pois alguns de meus bisavós paternos, Maria Assumpção dos Santos Castro e José Theodorico de Castro era abolicionistas. Ela integrava a liga das senhoras abolicionistas e ele era tesoureiro, também tendo sido vice-presidente, da Sociedade Cearense Libertadora (fundada em 08 de dezembro de 1880), cujo slogan era Perseverança e Porvir. Também ouvi de sua filha, minha tia avó Cöra (que faleceu em 1991, aos 99 anos completamente lúcida) histórias sobre a ex-escrava Albina, que após ser libertada ficou trabalhando na casa de meus bisavós. Albina tinha uma reza milagrosa que a livrava, e a seus companheiros de cativeiro, das perseguições de capitães do mato. Também fiquei sabendo que eles compravam escravos para libertá-los.

Fico feliz que meus bisavós tenham sido pessoas conscientes e engajadas em lutar contra uma trágica e vergonhosa passagem de nossa história, a escravidão. A data também deve ser lembrada pela luta dos escravos e ex-escravos por sua liberdade, aos jangadeiros cearenses que se recusaram a transportar escravos em suas jangadas. A luta foi feita por muitos, mesmo que uns poucos tenham levado a fama.

Passados 134 anos da libertação dos escravos no Ceará, e quase 130 da abolição da escravidão no Brasil, devemos pensar o que de fato mudou nesse tempo, uma vez que o preconceito racial continua entre nós.


Trago algumas manchetes de jornais cearenses e carioca sobre a data de 25 de março de 1884.



O LIBERTADOR, 25 de março de 1884.
http://memoria.bn.br




O CEARENSE, 25 de março de 1884.
http://memoria.bn.br



GAZETA DE NOTICIAS, 25 de março de 1884.
http://memoria.bn.br













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...